Arroba sobe 3,7% na comparação mensal

Leia mais...


28/09/2018

O mercado do boi gordo segue em alta na maioria das regiões do Brasil. No fechamento desta quarta-feira, 26 de setembro,  a arroba do boi gordo teve ajuste positivo em 15 das 32 praças pesquisadas pela Scot Consultoria. Na comparação mensal, na média das cotações de todas as praças, a arroba do boi gordo teve alta acumulada de 3,7%, o que reforça o cenário de firmeza do mercado.

A oferta restrita de boiadas limita as compras e, como reflexo, já se observam alguns frigoríficos diminuindo os abates, pulando dias de escala ou até mesmo entrando em férias coletivas.

O movimento também é visto no Indicador do boi gordo Esalq/BM&FBovespa. No acumulado parcial deste mês (até o dia 26), ele registra elevação de 3,1%, fechando a R$ 151,40 nessa quarta-feira, 26. Segundo pesquisadores do Cepea, a sustentação vem da menor oferta de animais prontos para o abate nesta entressafra e também do forte ritmo das exportações brasileiras de carne bovina in natura. A média parcial do Indicador do boi em setembro (até o dia 26) é de R$ 149,41, sendo 3,18% superior à de agosto/18 (R$ 144,80), 4,1% acima da média de setembro/17 (R$ 143,47) e a maior desde novembro de 2016, em termos nominais.

No mercado atacadista de carne bovina com osso, as referências fecharam estáveis frente ao último levantamento da Scot Consultoria na terça-feira, 25. A carcaça de bovinos castrados ficou cotada em R$10,05/kg.

Fonte: Scot Consultoria

Imagem: Agrocon



Compartilhe: